Moxabustão ( Jiu Fa)

É uma técnica terapêutica que se baseia no estímulo dos pontos de Acupuntura ou de determinadas regiões do corpo, através do calor emitido pela combustão de plantas medicinais específicas de efeito Yang (quente). Como o próprio nome indica, essa técnica visa a combater certas disfunções orgânicas mediante a aplicação de cones ou bastões acesos de "Artemisia Argy" (também utilizada na forma de chá), com o objetivo de se aquecerem determinados pontos (ou regiões) situados na epiderme (pele). Segundo informações históricas conservadas até hoje na China, o surgimento da moxaterapia (Jiu Fa) é anterior ao da Acupuntura. A queima da moxa produz estímulos de calor que são transmitidos aos canais de energia (meridianos) e colaterais e, ao penetrarem as camadas da pele, ajudam a regularizar o equilíbrio das funções fisiológicas do corpo. A moxa pode ser empregada na forma de cones, que podem variar de tamanho (pequenos, médios e grandes), bastão (com ou sem fumaça), moxa com agulhas (para o aquecimento das mesmas e, conseqüentemente, dos pontos de Acupuntura). Pode ser aplicada diretamente sobre a pele (moxa direta: com ou sem cicatriz) ou indiretamente (moxa indireta: sobre uma fina fatia fresca de gengibre, de alho e/ou de plantas medicinais; ou ainda, sobre uma camada de sal grosso). O antigo livro "Yi Xue Ru Men" ("Introdução à Medicina") comenta: "Quando os remédios não oferecem resultado e a acupuntura é insuficiente, então, deve-se utilizar a moxa (Jiu Fa)". Algumas funções e indicações terapêuticas: no combate das enfermidades crônicas do tipo Xu (deficiência) e das doenças causadas pelo vento, frio e umidade; tonifica o Tchi e recupera o Yang do corpo; favorece a ascensão do Yang Tchi puro; combate a estagnação (estase) de Xue (sangue) e Tchi (bioenergia); auxilia no combate da dor; estimula o fator de resistência do organismo (melhorando a imunidade) etc. A aplicação regular da moxaterapia (Jiu Fa) em determinados pontos de Acupuntura pode auxiliar no fortalecimento geral da saúde e favorecer a longevidade. Existem precauções e contra-indicações em seu emprego clínico.